19 de abril de 2011

Aceita um cafezinho?

Um dia desses resolvi dar uma incrementada no meu armário de paninhos e serviços para ocasiões especiais. Confesso que não tenho muito desses conjuntinhos de mesa, mas é bem provável que essa realidade mude um pouco agora, depois que comecei a fazer patchwork, pois qualquer nova técnica que se aprende, logo vira um paninho de mesa, um suporte para prato, um jogo americano e todas essas famosas miudezas que compõem a montagem de uma bela refeição. E foi assim que decidi fazer um serviço de bandeja para mim.
Tudo começou numa "bizoiada" que dei no site da Carol Doak, na sessão de Free Patterns. Lá, encontrei uma estrela que me encantou muito e que me pareceu ótima para uma bela combinação de cores e tecidos. Mandei ver na ideia!
Comecei a reunir tecidos aqui e ali, tira esse, põe aquele, não, pega outro, volta com aquele, melhor agora, não, daquele jeito estava melhor, É ISSO! Pronto! E o resultado...

Meu novo serviço de bandeja, com paninho e apoio externo.

No início, ainda nos piecings, não estava gostando muito do resultado não, mas conforme fui quiltando e definindo as cores da linha para o quilting e do tecido para a tira de acabamento, fui me simpatizando mais com o conjunto. Agora, posso dizer que ficou bem do jeitinho que eu queria, mesmo sem saber, ao certo, o que eu queria de fato. (rsrsrsr...) A coisa foi literalmente acontecendo na surpresa.
Trata-se de um estilo mais tradicional, eu sei, com tecidos mais tradicionais. Embora o momento seja o da "febre dos modern quilts", confesso que eu também gosto muito desse estilo mais clássico e conservador do patchwork. E acho difícil encontrar quem não gosta, né verdade?!




Usei tecidos da MODA Fabric - Crackle by Kathy Schmitz e Solids by Basicgrey -, ambos comprados na Sunflower Quilts, tecidos da Jo Ann, os quais não sei o nome, e tecido brasileiro - o cremezinho que também não sei o nome, usado nos topos e nas tiras de acabamento -, presente da minha Tia quando esteve aqui em Houston.


Para o quilting, optei por fazer o quilting livre. Fiz corações com loopings no paninho de bandeja e apenas loopings no apoio externo.



Não ficou nenhuma perfeição não, mas preciso fazer valer o dinheiro que meu marido anda investindo nas minhas aulas de quilting. (rsrsrsrs...) E é só no treino mesmo que a gente chega lá. Quem já fez aula de quilting livre sabe bem do que eu estou dizendo. ; )

Mas, então, você aceita um cafezinho?



Bjs carinhosos e até a próxima postagem!

9 comentários:

Maria Emilia disse...

Mari, adorei os seus trabalhos. Menina você está ficando muito profissional... acho que teremos uma quilteria brasileira expondo daqui a pouca na América... Beijos carinhos e Deus te abençoe sempre.

Ana Maria Grecco disse...

Aceito sim...tomar café com um trabalho fofo desses deve ser delicioso! Parabéns por mais essas fofuras Marilinda! Beijos.

Márcia C. disse...

Amei!!!
Muito delicado e de bom gosto.
Recebi o recado no blog Grupo de Bordado.
Muito obrigado.

Bjos

Márcia C.

Claudia disse...

Oi Mari!
Estão muito lindos. Trabalhinho gosto se fazer né? Adorei a combinação de cores, é como tu disse, tem que testar e testar, pra ver o que combina. E tu tem jeito pra coisa.

Abração.

Teresa Cristina disse...

Lindo Mari !!!
Bela combinação !!!
Quanto ao treino, é o que estou fazendo, quando tiver coragem e muito treino farei em algum trabalho, por enquanto fico no quilting em tecidos já usados (lençol).

Beijos.

Teresa Cristina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Filomena disse...

Mari,
gostei do seu blog...Tantom, tanto, que me tornei sua seguidora....não a con hecia, mas a partir de agora estarei sempre te visitando...
abraços de Maria Filomena

cá de longe, na santa terrinha

As Tavares disse...

Mari minha querida,
Os seus trabalhos estão lindos e o quilt, sem comentários.
Vc é muito corajosa e está fazendo o quilting livre maravilhosamente bem.
Eu fiz uma aula e achei difícil e a professora na época falou que tinha que treinar muito. Resumindo só fiz na aula e nunca mais tentei. Parecia desenhos do Binho.
As peças pequenas faço na mão e as grandes mando para a Vanessa do Ponto do Quilt.
Beijos saudosos
Mari,

Tays Rocha disse...

Amiga que saudade! Que tudo de lindo está seu blog e esse conjuntinho? Muito fofo, eu quero tomar cafezinho assim... heheheh. Também estava com saudades de vir, mas estou naquele ritmo sabe? Mariana quase engatinhando, encomendas, não é fácil, mas devagarinho vai. Fiquei super feliz em te ver no blog. Saudades amiga, saudades! Beijos ♥